SINDJUSTIÇA busca no TJGO esclarecer dúvidas dos servidores relacionadas ao pagamento da URV

 

urv-informeO SINDJUSTIÇA buscou junto ao TJGO, nesta sexta-feira, sanar dúvidas dos servidores acerca do recebimento das parcelas da URV, dentre elas, a relacionada à atualização dos valores a serem quitados. O pagamento da URV aos servidores, em 100 parcelas, foi anunciado pelo presidente do TJGO, desembargador Gilberto Marques Filho, nesta quinta-feira e a primeira parcela começou a ser paga hoje.

Para identificação, no contracheque, do valor principal a se receber, o servidor deve observar a denominação 11065.

Não há desconto previdenciário.

No caso de incidência de IR, essa se dá por faixa de valor, variando-se a alíquota a ser descontada:
Até R$ 1.903,98: não há desconto.
De R$ 1903,99 a R$ 2.826,65: 7,5%.
De R$ 2.826,66 a R$ 3.751,05: 15%
De R$ 3.751,06 a R$ 4.664,68: 22,5%
Acima de R$ 4.664,69: 27,5%, tomando como referência o valor de cada parcela.

Atualização

Segundo informou o TJGO ao SINDJUSTIÇA, a atualização das parcelas ocorrerá mensalmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (INPCE), mais 0,5% (podendo ser identificado, no contracheque, pelo código 11066, que corresponde ao valor da verba indenizatória mais juros e correção no período).

Ex-servidores efetivos e comissionados que residem em Goiânia devem se dirigir ao protocolo administrativo (Divisão de Atendimento ao Servidor) para fazer o requerimento via Proad informando: nº da conta da qual é titular; endereço e telefone.

Ex-servidores efetivos e comissionados que residem no interior ou em outros estados deverão encaminhar um e-mail ao drhatendimento@tjgo.jus.br, com seus dados pessoais (nome completo, RG, CPF e telefone) e dados bancários (nome do titular e conta corrente), com preferência do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Itaú.

Vire seu tablet para a

posição horizontal