SINDJUSTIÇA manifesta apoio ao Sinjus-MG e aos servidores de Minas

nota-de-apoio

O SINDJUSTIÇA, em consonância com a Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados (Fenajud), declara seu apoio à decisão dos servidores de 2ª instância do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais que, em Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia 20 deste mês pelo Sinjus-MG, deliberaram por paralisar suas atividades nesta quinta-feira, 28, sem registro de ponto.

A deliberação pelo movimento paredista é em resposta ao descumprimento às Leis 23.173/2018 (auxílios-saúde e transporte) e 18.909/2010 (Data-Base), vencida há dez meses, pela Administração daquela Corte.

Esta entidade, representativa dos servidores do Judiciário em Goiás, repudia toda e qualquer ação que atente contra a dignidade dos trabalhadores da Justiça. Em nosso Estado, temos travado grandes lutas em busca de reconhecimento de direitos e garantia de paridade e simetria no tratamento das questões relativas à nossa carreira. Sabemos que as mesmas batalhas são travadas também em outras regiões do País. Por isso, o SINDJUSTIÇA reforça seu apoio à entidade parceira em Minas Gerais nesta e em outras frentes de atuação.

Rosângela Ramos de Alencar
Presidente do SINDJUSTIÇA

Vire seu tablet para a

posição horizontal