SINDJUSTIÇA cumprimenta o presidente Gilberto Marques Filho por gestão de apoio e reconhecimento aos servidores do TJGO

gilberto 6O SINDJUSTIÇA, em nome dos servidores da Justiça de Goiás, ressalta a atuação do presidente do TJGO, Gilberto Marques Filho, cuja gestão caracterizou-se por uma postura justa e proativa para com os servidores do Judiciário goiano. Esta entidade cumprimenta o desembargador, que está encerrando seu mandato, enfatizando a relevância de seu empenho na luta da categoria pelos seus direitos.

“Seu apoio e dedicação contribuíram fortemente para conquistas notáveis para os trabalhadores da Justiça de Goiás, como a aprovação do PCS 2017 e o pagamento da data-base 2016”, aponta a presidente do SINDJUSTIÇA, Rosângela Ramos Alencar.

“Desde o início de sua gestão, o desembargador Gilberto demonstrou muita sensibilidade aos pleitos dos servidores do Tribunal. Suas ações, ao longo destes dois anos, revelam a compreensão de que a boa prestação jurisdicional à população passa pelo reconhecimento do trabalhador da Justiça”, destacou.

A presidente do SINDJUSTIÇA ressaltou o papel fundamental exercido pelo desembargador Gilberto no que diz respeito ao trâmite do Plano de Cargos e Salários dos servidores de 2017, primeiramente na instância do próprio TJ e, em seguida, diante dos demais Poderes Constituídos. “A capacidade de diálogo do desembargador Gilberto, associada ao trabalho incansável do SINDJUSTIÇA durante vários meses, foi determinante para o êxito da categoria nesta pleito”, observou.

Gilberto-e-Rosangela

Logo após essa conquista, o sindicato prestou uma homenagem pública ao desembargador Gilberto Marques Filho. O SINDJUSTIÇA presenteou-o, durante sessão na Corte Especial, com desenho realista do rosto do magistrado, feito pelo artista Diego Freitas. Ao entregar a peça, Rosangela Ramos de Alencar agradeceu o desembargador, na ocasião, por sua postura justa para com os servidores do Judiciário goiano, reiterando a importância de sua atuação na luta pelos direitos dos trabalhadores da Justiça

O pagamento da data-base 2016, direito assegurado constitucionalmente, também recebeu especial atenção do desembargador. “Foi uma longa trajetória até a sanção pelo pagamento da data-base 2016 no final de 2018. As ações incisivas da entidade para garantir a efetivação desse direito encontraram na figura do presidente do TJ ouvidos atentos e, mais ainda, diligência”, ressaltou Rosângela Ramos Alencar.

Além do apoio em questões evidentemente superlativas, como o PCS e a data-base 2016, o magistrado demonstrou interesse e comprometimento no encaminhamento de outros temas importantes para a categoria, como o aumento do período de licença-paternidade, processos de relotação em comarcas e pagamento da URV, entre outras. Mais recentemente, ele evidenciou sua preocupação em relação aos atrasos nos pagamentos salariais, bem como no repasse em data correta dos valores de consignados.

Seu perfil agregador foi de extrema valia, ainda, na condução cotidiana do Tribunal. “O presidente Gilberto Marques Filho destacou-se por uma administração equilibrada, externando em diversas oportunidades e em ações práticas seu entendimento de que todos os servidores, independentemente da função, têm direito a melhores condições de trabalho e, sobretudo, o quanto o bem-estar do servidor é essencial para a boa prestação jurisdicional”, conclui a presidente do SINDJUSTIÇA.

Fonte: Assessoria de Comunicação do SINDJUSTIÇA | Ampli Comunicação

Vire seu tablet para a

posição horizontal