Em ofício à Ejug, SINDJUSTIÇA solicita aumento de bolsas de pós-graduação

bolsas-de-estudo-educacao

O SINDJUSTIÇA oficiou nesta segunda (2) o diretor da Escola Judicial do TJGO, desembargador Zacarias Neves Coelho, para levantar e analisar a disponibilidade de mais bolsas direcionadas para os cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu e mestrado destinadas a servidores do órgão.

O Edital nº 001/2018, que dispõe sobre o processo seletivo para a concessão de Bolsa de Graduação e Pós-Graduação, publicado no Diário da Justiça Eletrônico no dia 26/03/2018, ofereceu apenas 08 (oito) bolsas para mestrado. “O interesse no mestrado vai bem além das vagas disponibilizadas, conforme comprova a lista de inscritos no edital passado”, argumenta a presidente do SINDJUSTIÇA, Rosângela Alencar.

Ela ressalta ainda que a quantidade de bolsas oferecidas para curso de Pós-Graduação Lato Sensu é maior e que, no último edital,  não foram preenchidas todas as bolsas disponibilizadas para esse fim.

Por isso, o sindicato solicita que, caso ocorra novamente de não serem preenchidas as vagas para esses cursos, que as verbas originariamente destinadas a esse fim possam ser utilizadas para mestrado. O texto observa que, em caso de absoluta impossibilidade formal, que nesses casos seja publicado novo edital disponibilizando vagas para mestrado.

“O objetivo  é tentar contemplar o maior número possível de servidores, aplicando, assim, o princípio da eficiência”, argumenta Rosângela Alencar.

O sindicato reforça  a pertinência da solicitação ao frisar que a administração do próprio TJ fez constar no projeto de alterações do Plano de Cargos e Salários a possibilidade de afastamento do servidor que cursar mestrado sem prejuízo de seu salário.

Vire seu tablet para a

posição horizontal