Ameaça de atentado no fórum de Cidade Ocidental reforça alerta do SINDJUSTIÇA sobre insegurança nas comarcas

Fórum da comarca de Cidade Ocidental (Foto: Google Street View)

Fórum da comarca de Cidade Ocidental (Foto: Google Street View)

O SINDJUSTIÇA repudia com veemência a ameaça de atentado a bomba ocorrida nesta quinta-feira (14), no fórum da comarca de Cidade Ocidental. O incidente, que por pouco não se concretizou na explosão do artefato, expôs mais uma vez as condições de insegurança nas quais trabalham os cerca de 60 servidores daquela unidade. Apesar do perigo ao qual foram expostos trabalhadores e usuários locais, não houve feridos.

De acordo com servidores da comarca, a primeira ameaça se deu por volta das 11 horas. Por telefone, um homem não identificado afirmou, por duas vezes, que havia instalado a bomba na parte externa do prédio, junto a uma das paredes do fórum. Na iminência do atentado, o prédio foi evacuado. Servidores e usuários buscaram abrigo do lado de fora da unidade. No entanto, por orientação da Assessoria Militar do TJGO, eles foram instruídos pela administração local a retornarem ao prédio. Policiais militares e civis vistoriaram a unidade mas não encontraram, no primeiro momento, a provável bomba.

No início da tarde, a Secretaria do Foro recebeu outra ligação anônima em tom ameaçador, dessa vez testemunhada por servidores. Diante disso, o prédio foi esvaziado novamente. Na segunda vistoria do fórum, policiais encontraram a bomba e acionaram o Esquadrão Antibombas do Distrito Federal (DF). Segundo trabalhadores da unidade, o clima no prédio, após a confirmação da existência do artefato, foi de indignação, vez que os servidores haviam sido orientados a voltar ao fórum mesmo diante das ameaças.

O sindicato, mesmo alertando várias vezes sobre a necessidade de investimento na segurança dos servidores, lamentavelmente se depara com um fato que comprova esse cenário insalubre e a falta de preparo diante de circunstâncias que colocam em risco a vida dos servidores e jurisdicionados. (Fábio Queiroz, presidente do SINDJUSTIÇA)

Além da suspensão de audiências, o incidente provocou a paralisação, nesta tarde, de toda a prestação jurisdicional no fórum. Até o fechamento dessa reportagem, o Esquadrão Antibombas do DF, que permanecia no local, ainda não havia detonado o explosivo. Em análise prévia do artefato, policiais consideraram a estrutura da bomba como sofisticada.

Violência recorrente

Por duas vezes, o fórum de Cidade Ocidental foi alvo também de assaltos. Na última ocorrência, os seguranças do prédio foram rendidos pelos bandidos, que levaram armas retidas no cofre daquela unidade.

Vire seu tablet para a

posição horizontal