A CASA DO SERVIDOR DA JUSTIÇA

Noticias | Destaque, Informe-se

SINDJUSTIÇA destaca resultado positivo de medidas para proteção dos servidores

O SINDJUSTIÇA celebra o fato de que até a presente data não ter ocorrido nenhum registro de contaminação por coronavírus entre os servidores do Poder Judiciário. O resultado sinaliza que tanto o TJGO quanto o sindicato, conjuntamente, têm atuado de maneira acertada e eficiente diante da atual pandemia, por meio da adoção de medidas que têm sido fundamentais para promover a segurança e a saúde de todos.

O sindicato ressalta também a solicitude dos servidores do TJGO para com suas obrigações laborais diante da pandemia de Covid-19, bem como os incontáveis exemplos de espírito de cidadania e humanidade da categoria num contexto árduo para todos. A resposta do servidor às ações do sindicato e do TJGO para evitar a propagação do coronavírus desde o anúncio dos primeiros casos no País tem sido uma excelente demonstração de consciência quanto à responsabilidade do seu papel para proporcionar à população o acesso à Justiça, mesmo num momento extraordinário de crise como agora.

Tão logo o TJGO optou pela modalidade de teletrabalho, os servidores do TJGO transformaram seus lares em home office, fazendo uso de suas próprias instalações, energia elétrica e internet por entenderem que assim poderiam contribuir para diminuir a velocidade de propagação da doença e garantir à população eficiência na prestação do serviço jurisdicional.

Os resultados comprovam o empenho dos servidores e magistrados — o TJGO alcançou, nas duas primeiras semanas de teletrabalho, de 16 a 30 de março, índices invejáveis de produtividade. Foram 31.575 documentos produzidos no sistema Processo Administrativo Digital (Proad), sendo 1.324 somente nos dois finais de semana – dias 21, 22, 28 e 29 de março.

“Nós sempre soubemos do comprometimento do servidor do Judiciário. Mas, é em momentos de crise como o que vivemos hoje que se evidencia ainda mais o seu valor”, frisa o presidente do SINDJUSTIÇA, Fabrício Duarte.

Telemedicina

O Centro de Saúde do TJGO lançou nesta quinta, 2, o serviço de telemedicina, com auxílio de uma equipe multidisciplinar. Por meio desse serviço, servidores e magistrados poderão esclarecer dúvidas sobre o coronavírus e aprender noções de higiene para evitar o contágio, além de poder contar com apoio psicológico.

Participam da equipe multidisciplinar do  serviço de telemedicina médicos, enfermeiros, psicólogos, odontólogos e fisioterapeutas. Os telefones disponíveis são (62) 3018-6058, (62) 3018-6065 e (62) 99213-4977

A recomendação é que a consulta presencial seja evitada, com exceção dos casos emergenciais, que serão atendidos normalmente no Centro Médico.

Goiânia conta com vários unidades de saúde, da rede pública e particular, preparadas para atender casos de infecção pelo novo coronavírus. A orientação é que a procura a estes hospitais só seja realizada em caso de falta de ar e tosse, coriza e febre.

Segue lista com hospitais particulares de alta complexidade que seguem o protocolo do Ministério da Saúde para receber possíveis casos de Covid-19.

Hospital Amparo
Hospital Clínica do Esporte
Hospital da Criança
Hospital do Coração de Goiás
Hospital do Coração Anis Rassi
Hospital dos Acidentados
Hospital Infantil de Campinas
Hospital do Rim
Hospital Ortopédico de Goiânia
Hospital Samaritano de Goiânia
Hospital Santa Bárbara
Hospital Santa Helena
Hospital São Francisco de Assis
Instituto de Neurologia de Goiânia