SINDJUSTIÇA requer ao TJ a data-base 2019 com reajuste de 4,31%

data-baseO SINDJUSTIÇA requereu à Presidência do Tribunal de Justiça de Goiás a concessão da recomposição anual da remuneração dos servidores do Poder Judiciário, a partir de Janeiro/2019, por meio do ofício n° 02/2020 (Proad n° 202001000208119 ). Com base no índice de inflação acumulada (IPCA), o sindicato requer reposição de 4,31%.

No ofício, o SINDJUSTIÇA requer à Presidência do TJ o encaminhamento do anteprojeto prevendo a revisão geral anual da remuneração dos servidores para apreciação da Assembleia Legislativa de Goiás.

“O direito à data-base é previsto na Lei Estadual 17.663/2012 (Plano de Cargos e Salários dos Servidores e Serventuários da Justiça do Estado de Goiás ), conforme determina o artigo 42. A recomposição das perdas nos vencimentos dos servidores é uma das prioridades do SINDJUSTIÇA”, explica a presidente, Rosângela Ramos Alencar.

Fonte: Assessoria de Comunicação do SINDJUSTIÇA | Ampli Comunicação

Vire seu tablet para a

posição horizontal