Com articulação institucional do SINDJUSTIÇA, data-base da categoria é aprovada em segunda e última votação na Alego

alegoFoi aprovado, na tarde desta segunda, 17, em segunda e última votação em Plenário na Alego, projeto de lei que concede a revisão geral anual da remuneração dos servidores efetivos do Poder Judiciário de 10% sobre os valores vigentes em 31 de dezembro de 2015, com efeito retroativo a 1º de janeiro de 2016. Para os cargos em comissão e funções de confiança, o reajuste deverá ser de 4,2%. A matéria agora será encaminhada para o Executivo, para sanção.

“Com mais essa conquista, estamos a poucos passos para garantir a data-base retroativa a janeiro de 2016, direito da categoria estabelecido em lei. A diretoria do sindicato tem atuado firmemente nos pela recomposição dos salários dos servidores do Judiciário e, a partir de agora, nosso foco é a sanção da data-base”, destacou a presidente do SINDJUSTIÇA, Rosângela Alencar.

Ela acrescenta que , durante todo este processo, tem sido fundamental o apoio do deputado Karlos Cabral, servidor licenciado do Judiciário e relator do projeto. Também acompanharam a votação de hoje, realizada na 1ª Sessão de autoconvocação da Alego, os vice-presidentes do SINDJUSTIÇA Mara Cristina, Eduardo Araújo, Fabrício Duarte e Kerner Carlos F. Gondim.

Fonte: Assessoria de Comunicação do SINDJUSTIÇA | Ampli Comunicação. Foto: Alego

Vire seu tablet para a

posição horizontal