SINDJUSTIÇA reitera ao TJGO pedido de reajuste do auxílio-alimentação

auxilio alimentacaoEm novo ofício destinado à Presidência do TJGO (protocolo nº 5768161), a Diretoria do SINDJUSTIÇA reitera ao Tribunal a solicitação de reajuste do auxílio-alimentação. Ao reforçar o pedido de atualização do benefício, feito em processo anterior, a presidente Rosângela Ramos de Alencar elenca outros pontos relacionados à questão que necessitam ser atendidos.

No referido processo, o SINDJUSTIÇA solicita a equiparação do valor do auxílio-alimentação pago aos servidores do Judiciário ao que é percebido pelos integrantes do Ministério Público estadual (R$ 785,75 no TJGO contra R$ 884 no MP). Nesse novo ofício, o sindicato complementa o pleito, tendo em vista que a equiparação, a depender de quando e se for deferida, permanecerá defasada em relação àquele,  visto que os servidores do MP têm direito ao reajuste anual do auxílio, podendo ser agraciados com novo aumento no transcorrer do processo.

Nesse sentido, o sindicato solicita que seja consignado o direito à equiparação dos benefícios dos serventuários da Justiça goiana aos dos servidores do MPGO, sempre quando o auxílio-alimentação naquele órgão for reajustado para mais. Outro pedido expresso no texto é para que seja levada em conta a retroatividade do pleito, considerando o momento inicial de existência do benefício do MPGO no patamar de R$ 884, ou, no mínimo, desde a data em que foi protocolizado o procedimento pelo SINDJUSTIÇA.

Ainda em defesa dos direitos dos servidores, o SINDJUSTIÇA inseriu ao processo outras demandas que precisam ser atendidas pela administração do TJGO. Foi solicitado o retorno da previsão que determinava o reajuste do benefício sempre no mês de janeiro e pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA).

Vire seu tablet para a

posição horizontal