Em evento na comarca de Iporá, presidente do TJGO responde ao SINDJUSTIÇA sobre pagamento da URV

gilberto marques comarca ipora

Delegado sindical em Iporá, Wellington Ferreira (último à direita), durante passagem do desembargador Gilberto Marques pela comarca

Durante visita à comarca de Iporá, para inauguração do Centro Judiciário de Solução de Conflitos (Cejusc), na manhã desta terça-feira (21), o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Gilberto Marques Filho, informou ao SINDJUSTIÇA, por meio do representante da entidade na comarca, o delegado sindical Wellington Ferreira Gonçalves, que está empenhado em realizar o pagamento da URV. O magistrado frisou que reuniria-se ainda ontem com representantes da Sefaz-GO para tratativas sobre a viabilidade de pagamento das diferenças o mais rápido possível.

Questionado sobre o pagamento da data-base 2017 (Lei nº 19.609/2017) dos servidores do TJGO, sancionada pelo Executivo e publicada no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (17), com índice de reposição inflacionária de 6,29% para os trabalhadores efetivos e de 3,5% aos funcionários comissionados e aos que exercem cargos em confiança, Gilberto Marques garantiu atuação em defesa do pagamento imediato e mencionou já ter cobrado os responsáveis para emolumento, inclusive, do valor retroativo a janeiro.

A integridade do Plano de Cargos e Salários (PCS) dos servidores do Poder Judiciário goiano frente a projeto de lei do governo estadual que visa alterar regras no pagamento dos adicionais de insalubridade e periculosidade também foi questão levantada para o presidente do TJGO. O desembargador enfatizou ser o PCS uma questão de prioridade em sua gestão e mencionou que há estudos em andamento para a reformulação de toda a carreira dos servidores.

Vice-presidente de Secretaria, Comunicação, Divulgação e Imprensa do SINDJUSTIÇA, Fabrício Duarte de Sousa, destaca a atuação proativa do delegado sindical Wellington Ferreira ontem, durante a passagem do presidente do TJGO pela unidade. “O delegado sindical é o representante do sindicato nas comarcas de todo o Estado. Ali, ele representa institucionalmente o SINDJUSTIÇA na defesa dos interesses da nossa categoria”, frisa.

Vire seu tablet para a

posição horizontal