Diretoria do SINDJUSTIÇA é empossada na sede na entidade

diretoria

Presidente Rosângela Alencar, a vice, Mara Cristina, e os demais membros da diretoria conduzirão o SINDJUSTIÇA no triênio 2017-2020

Foram empossados na manhã desta terça-feira (7) os membros da nova diretoria do SINDJUSTIÇA para a gestão 2017-2020. A cerimônia realizada na sede da entidade reuniu servidores filiados, convidados, funcionários e os novos integrantes da diretoria, que oficializaram o mandato com a assinatura do termo de posse. Pela primeira vez, o sindicato passa a ser dirigido na presidência e primeira vice-presidência por duas mulheres: Rosângela Alencar e Mara Cristina, respectivamente.

Ao todo, 14 membros foram oficializados na atual diretoria. A nova presidente do sindicato reforçou as prioridades da gestão e comentou as mobilizações em torno da data-base.

O que depende de nós será cumprido e no que depende do TJGO, estaremos lá para cobrar. Juntos somos mais fortes. Rosângela Alencar, presidente do SINDJUSTIÇA.

Mara Cristina agradeceu a todos pela confiança e homenageou os pais, que compareceram à solenidade. Ela fez um apelo aos colegas durante o evento. “Peço a união de todos, porque a caminhada não será fácil’, solicitou.

No discurso, a presidente afirmou que inicia o mandato com muito trabalho e com muito mais garra para lutar pelos servidores da Justiça de Goiás. A presidente lembrou dos dois mandatos anteriores como presidente do SINDJUSTIÇA e salientou que pretende recolocar os servidores onde eles merecem: “sendo tratados com respeito e tendo os nossos direitos garantidos por lei, cumpridos.”

Rosângela também citou as bandeiras da atual gestão, como a luta pelo pagamento da URV, a reforma do Plano de Cargos e Salários, a padronização do horário de expediente nas comarcas do interior, a implementação da Política de Atenção Integral à Saúde dos Servidores do Poder Judiciário, dentre outros.

Reconhecimento

Durante a cerimônia, Rosângela agradeceu aos membros da Comissão Eleitoral do SINDJUSTIÇA, Edmilson Alves Barbosa, Marina de Fátima Novais e Irene Maria Galvão, pela condução do pleito. Ela ainda estendeu cumprimentos à nova diretoria, que é “comprometida com os servidores e serventuários do Judiciário goiano”, frisou.

Vire seu tablet para a

posição horizontal