SINDJUSTIÇA informa andamento de pleitos da categoria

Do auxílio-creche, que está prestes a ser votado na Alego, à data-base de 2016, cuja proposta do SINDJUSTIÇA é avaliada no TJGO, o trabalho da entidade se concentra na busca de direitos para os servidores. Quem explica é o presidente do sindicato, Fábio Queiroz.

Ele esclarece que o SINDJUSTIÇA faz gestão intensa no TJ para cobrar a implementação, por exemplo, do auxílio-saúde e auxílio-transporte. Entre as conquistas já alcançadas, como o auxílio-alimentação, a reivindicação é pelos devidos reajustes, conforme os atos que os regulamentam.

O SINDJUSTIÇA não mede esforços na busca de implementações de benefícios para os servidores. (Fábio Queiroz, presidente do SINDJUSTIÇA)

O que vem por aí

A atualização do auxílio-alimentação pode vir já na folha de março. O SINDJUSTIÇA cobra reajuste de 10,67%, retroativo a janeiro último. É o caso, também, do auxílio-creche, cujo projeto tramita na Alego, já em fase de apreciação no plenário. No órgão, o sindicato faz corpo a corpo com deputados, buscando apoio na votação da matéria.

Ações judiciais avançam

Seguem tramitando, ainda, ações judiciais patrocinadas pelo corpo jurídico do SINDJUSTIÇA em prol dos filiados. No TJGO, o sindicato cobra o desdobramento da ação da data-base de 2015, Ação Civil Pública, que aguarda recálculo na Contadoria Judicial, Ação Declaratória do plantão judiciário; e ação da URV, cuja análise segue sobrestada.

Vire seu tablet para a

posição horizontal